quarta-feira, 24 de julho de 2013

Executivo se reúne com moradores de Itaoca para resolver problema do valão - ITAPEMIRIM

Imagem inline 1
O prefeito de Itapemirim, Dr. Luciano de Paiva, foi convidado pela Associação de Moradores de Itaoca para falar sobre a atual situação do valão da região. Os moradores reclamam da sujeira e do mau cheiro que o mesmo gera. Eles aproveitaram a oportunidade para pedir a construção de uma ciclovia, além de tratamento de esgoto adequado.
“Quando chove, fica tudo inundado. A água invade as nossas casas e estraga tudo. As crianças voltam da escola e passam pela sujeira. Muitas acabam brincando ali, elas não entendem o perigo”, explica a moradora Dona Ricarda. “Aparece muito animal, como cobra, rato e capivara. O cheiro é muito forte e desagradável”, complementa Dona Flor.
Durante a reunião, o prefeito prometeu aos moradores presentes que até o final de seu mandato, o problema do valão será resolvido: “Eu concordo que esse valão está deixando Itaoca feia, além de ser perigoso para a população. Nós temos que chamar um profissional que entende do assunto. Eu preciso de um mês para trazer um técnico aqui e resolver isso. Ele vai nos falar o prazo necessário para acabar com esse problema. Isso não foi feito em 8 anos, mas eu garanto que em menos de 4, vai ser resolvido”.
Dr. Luciano afirmou, ainda, que vai construir uma extensa ciclovia na orla e o esgoto será tratado até dezembro, além de deixar a praia bonita e arborizada. “Eu não quero ninguém sofrendo em Itapemirim. Quero que os moradores e turistas se sintam bem e felizes em Itaoca. Vamos ficar em cima do que está errado. Eu faço reuniões em várias comunidades para saber o que os moradores querem e não querem. Se eu acertar, ou errar, vai ser junto com vocês. Vamos caminhar juntos” explica Dr. Luciano.
A vice-prefeita e secretária de Educação, Viviane Peçanha, também participou da reunião e aproveitou para informar que a educação de Itapemirim está indo muito bem e que tem conseguido bons resultados em relação ao número de ônibus para levar os alunos para as escolas e universidades.
“Estamos adquirindo mais seis ônibus e abrindo processo seletivo para colocar monitores nos veículos. Esse profissional é fundamental para a segurança dos estudantes. Além disso, dobramos o número de ônibus para as universidades, antes eram sete, hoje temos 15. Também conseguimos ônibus para as escolas técnicas. Em sete meses de governo, estamos dando as respostas para as perguntas. Precisamos de vocês para andarmos na mesma direção”, afirma Viviane Peçanha.
A presidente da Associação dos Moradores de Itaoca, Andréa Brum, encerrou a reunião informando que o próximo encontro com o prefeito e o técnico sugerido por Dr. Luciano para resolver o principal problema da região, que é o valão, será dia 21 de agosto, respeitando o prazo de um mês exigido.

Daniela Viana
Assessoria de Comunicação PMI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário